Escolha uma Página

Proposta, autorizada por Dória, diz que a população precisa trocar as críticas às autoridades por orações

O Estado de São Paulo agora tem um dia exclusivo em que as pessoas poderão orar pelos políticos. O Dia da Oração pelas Autoridades da Nação será celebrado toda terceira segunda-feira do mês.

A criação da nova data no calendário paulistano foi autorizada pelo governador João Doria (PSDB). Publicada no Diário Oficial nesta quarta-feira 31, o projeto de lei foi proposto em 2018 pelos então deputados Chico Sardelli e Reinaldo Alguz, ambos do PV. Apenas Alguz continua sendo deputado na Assembleia Legislativa do Estado.

Os parlamentares justificaram o projeto com passagens bíblicas. “A Bíblia fala que toda autoridade é levantada por Deus, mesmo aquelas que nos fazem perecer”, diz o texto. “Oramos para que os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário cumpram os seus papéis com excelência.” Para os autores da proposta, a população precisa trocar as críticas às autoridades por orações.

Doria também promulgou, nesta quarta-feira, uma lei que cria o Dia da Escola Bíblica no Estado, que será comemorado todo ano no terceiro domingo do mês de setembro. O projeto foi proposto pelo deputado Gil Lancaster (PSB).

A Escola Bíblica consiste em reuniões para educar e doutrinar biblicamente os fiéis da igreja. Para os evangélicos, é considerada um dos principais meios de instrução na vida do público cristão.

Leia na Fonte